13 de março de 2020

ACCEPT - The Collection [Recommended]


Classic Rock
1991
Bitrate 256 kbps
[cd quality]+

No final da década de 1970 e início da de 1980, a Alemanha começava a despontar como um dos grandes berços do rock and roll. E foi nesse país e nessa época, que o vocalista Udo Dirkschneider, depois de algumas breves experiências musicais, montou o Accept. Após a formação estar completa com Wolf Hoffmann e Jorg Fischer nas guitarras, Peter Baltes no baixo e Frank Friedrich na bateria, a banda lança o álbum de estréia auto-intitulado em 1979. Apesar da voz de Udo ter sido o grande destaque do disco, Peter Baltes foi quem cantou nas faixas "Sounds Of War" e "Seawinds". No ano seguinte, I’m a Rebel serviu para marcar a entrada do baterista Stefan Kaufmann e foi só em Breaker, de 1981, que o grupo começou a ter uma estrutura realmente profissional, com produtor, empresário e tudo mais. Já nacionalmente conhecidos, o Accept decide então dar um grande passo e lança Restless and Wild em escala mundial. O álbum, de 1982, é aclamado pela mídia e é até hoje reconhecido como um dos mais importantes do heavy metal. A faixa de abertura "Fast As a Shark" torna-se um dos maiores hits do grupo. O guitarrista Jan Koemmet substitui Jorg Fischer e é lançado, em 1983, o clássico Balls To The Wall. A faixa-título ganha um videoclipe bastante executado e rende grandes turnês. Dois anos depois, sai Metal Heart, que contou com o mesmo produtor do Scorpions, e com a volta de Fischer ao grupo. Quase que simultaneamente, é lançado o EP ao vivo Kaizoku-Ban que trazia faixas como "Head Over Heels", "Love Child" e "Living For Tonight". Em 1986, "Russian Roulette", marcou o rompimento do Accept. Por divergências artísticas, Jorg Fischer e o vocalista Udo abandonam o grupo. Este último se lança em carreira solo e somente três anos depois chega às lojas o novo trabalho dos alemães. Eat the Heat trazia David Reece nos vocais e Jim Stacey na guitarra. Novos desentendimentos entre os próprios membros e problemas de saúde com Stefan Kaufmann levaram ao encerramento das atividades do grupo. Um álbum ao vivo com a antiga formação, intitulado Staying A Life, foi lançado em 1990 e trazia todos os grandes sucessos como "Neon Nights", "Son Of A Bitch" e "Dogs On Leads". A volta do Accept, porém, com Udo de volta aos vocais, não demorou. Em 1992, Objection Overruled chegou para reconquistar o público, mas desta vez como um quarteto. Em 1996 os alemães lançaram seu último trabalho. Predator contou nas baquetas com Michael Cartellone, que tocou com Ted Nugent, e depois desse lançamento decidiram encerrar em definitivo as atividades da banda. Em 2004, para alegria dos fãs da banda, chegava às lojas o CD e DVD Metal Blast From The Past. O material foi gravado durante uma turnê mundial do grupo na década de 1980 e reúne além de grandes sucessos da carreira, extras e galeria de fotos. Em 2005, depois de inúmeras apresentações pelos quatro cantos do mundo, o grupo anunciou que tiraria umas férias dos palcos. O concerto de despedida aconteceu em Kaverna, na Bulgária. Em 2009, a banda se reúne novamente, agora com o Mark Tornillo nos vocais, e em 2010 lança o décimo segundo álbum de estúdio: Blood of the Nations. Ao contrário das expectativas, o álbum tornou-se um sucesso nas paradas musicais, ficando na quarta posição na Media Control Charts. Nesse ano a banda tocou pela segunda vez no Rock Hard Festival. [Fonte: wikipedia]

In late 1970 and early 1980, Germany began to emerge as one of the great cradles of rock and roll. And it was in that country and at that time, vocalist Udo Dirkschneider that, after some brief musical experiences, rode Accept. After the training is complete with Wolf Hoffmann and Jorg Fischer on guitar, Peter Baltes on bass and Frank Friedrich on drums, the band released the album self-titled debut in 1979 Despite the voice of Udo have been the highlight of the disc, Peter Baltes was who sang on the tracks "Sounds Of War" and "Seawinds". The next year, I'm a Rebel served to mark the entry of drummer Stefan Kaufmann and was only Breaker, 1981, the group began to have a really professional structure, producer, entrepreneur and all. Already nationally known, then the Accept decide to take a big step and Restless and Wild launches worldwide. The album, from 1982, is acclaimed by the media and is today recognized as one of the most important heavy metal. The opening track "Fast As a Shark" becomes one of the biggest hits of the group. Guitarist Jan Koemmet replaces Jorg Fischer and is released in 1983, the classic Balls To The Wall. The title track won a fairly run renders video clip and great tours. Two years later, exits Metal Heart, which featured the same producer of the Scorpions, and the back of the Fischer group. Almost simultaneously, is released the live EP Kaizoku-Ban which featured tracks like "Head Over Heels", "Love Child" and "Living For Tonight". In 1986, "Russian Roulette", marked the breaking of Accept. By artistic differences, Jorg Fischer and vocalist Udo leave the group. The latter launches into a solo career and only three years later hits stores the new work of the Germans. Eat the Heat brought David Reece on vocals and Jim Stacey on guitar. New disagreements between the members themselves and health problems with Stefan Kaufmann led to the closure of the group. A live album with the old lineup, titled Staying A Life, was released in 1990 and featured all the big hits like "Neon Nights", "Son Of A Bitch" and "Dogs On Leads". The return of Accept, however, with Udo back on vocals, it did not take. In 1992, Objection Overruled came to reassure the public, but this time as a quartet. In 1996 the Germans launched their last job. Predator featured on drums with Michael Cartellone, who played with Ted Nugent, and then decided to call this release definitely the band's activities. In 2004, to the delight of fans of the band, came to stores the CD and DVD Metal Blast From The Past. The material was recorded during a world tour of the group in the 1980s and brings together big hits plus career, extras and photo gallery. In 2005, after numerous presentations by the four corners of the world, the group announced she would take a vacation from the stage. The farewell concert was held in kaverna in Bulgaria. In 2009, the band got together again, this time with Mark Tornillo on vocals, and in 2010 released the twelfth studio album: Blood of the Nations. Contrary to expectations, the album became a hit on the charts, becoming the fourth position in the Media Control Charts. That year the band played for the second time at the Rock Hard Festival. [Source: wikipedia]

Total Time: 75 min

Um comentário: