27 de outubro de 2021

TERRA SAMBA - A Nova Cara do Terra



SWINGUEIRA
2010
Bitrate 256 kbps
[cd quality]

 Tudo começou no bairro do Politeama em Salvador, Bahia, há mais de 15 anos. Em 1998, veio a grande explosão, com mais de 3 milhões de CDs vendidos do “Ao Vivo e a Cores”, gravado em Belo Horizonte. Os percussionistas e pesquisadores musicais Mário Ornellas e Edson Souza fizeram parte do Gerasamba que durante vários anos foi o mais popular grupo de samba nos bares e clubes de Salvador. Em 1991, eles resolveram seguir carreira e formaram o Terrasamba, uma denominação que sempre existiu simultaneamente ao Gerasamba. O primeiro disco gravado em 1989 já se chamava "Terrasamba". Era um long-play com vários sambas tradicionais da Bahia, especialmente "pot-pourri" com sambas-de-roda do Recôncavo. A sua trajetória de popularização começou com o sucesso "Vá Pra Casa Corno" (Riachão-Ninha) e segundo Mário Ornellas, as apresentações no Lagoa Mar (bar da orla de Salvador) foram decisivas para a divulgação do grupo.Em 1994, com a saída do vocalista Diumbanda, entrou Reynaldo Nascimento. Isso foi muito importante, pois ele possuía uma grande simpatia popular e uma ampla experiência profissional. Havia cantado em vários grupos, no Engenho Velho, no Sodré (Sodresamba), teve uma banda de tambores chamada Odoiá, passou pelo Ilê Aiyê, integrou a percussão do Ara Ketu, cantou na Levada do Pelô e Raízes do Pelô. O apoio do radialista Josenel Barreto para gravar um CD promocional, sendo a primeira vez gravada uma música na voz de Reynaldo, "Desce Pra Mim" (Mancinha-Tatau-Reynaldo), foi fundamental para projetar o grupo durante todo o Verão de 94/95. A partir daí, a trajetória de sucesso do Terrasamba foi consolidada, com a entrada do produtor Jarbas Veiga e com a gravação do primeiro CD: "Terrasamba Faz Bem". Buscando aliar as raízes do samba às novas tendências, o grupo se destaca como versátil e de estilo próprio, conquistando público e o reconhecimento do seu trabalho. A trajetória definitiva do Terra Samba começou com o 1º CD, em 95 foi lançado o "Terra Samba Faz Bem", depois "Deus é Brasileiro" de 96 e "Liberar Geral" do ano seguinte. A arrancada veio com "Terra Samba ao Vivo e a Cores". "Liberar Geral" e "Carrinho de Mão" tiveram execução maciça nas rádios e conquistaram o público brasileiro - o disco ficou entre os de maior vendagem por meses a fio. O Terra Samba virou mania nacional. Além de apresentações esgotadas, o conjunto recebeu a confiança da crítica e foi apontado como o "Grupo Revelação" de 1998. Receberam o prêmio "Melhor Show de 98", pelo canal Multishow / Globosat. Nessa época o grupo passou a intensificar a sua carreira internacional. O ano de 1999 abriu com o lançamento de "Auê do Terra", e o novo milênio acenou com "Sinal Verde" e o “Ao Vivo 2 – Na Manteiga”, veio em 2001, consagrado com a música na “Na Manteiga”, “Xí do Terra Samba” CD lançado em 2002 pela Abril Music, foi pura adrenalina, com o os sucessos “Reboleio” e “Boneco Doido”. Em 2003 o cd "Show do Terra Samba" lançado pela Som Livre, mostrou um repertório não só do grupo como também grandes sucessos de outros artistas consagrados, a exemplo de: Malandragem, Palpite e Sonífera Ilha. Em 2004 foi a vez do Cd "É só Alegria", ele veio cheio de expectativas, com músicas inéditas e um repertório contagiante. Em 2005 o Cd "Terra Mix",foi o 11° cd com a cara e a coragem do brasileiro, com sua mistura, sua miscigenação. Em 2006 foi lançado o novo CD Dendê, sendo o 12º da carreira, ele tem todos os ingredientes que fazem da música baiana, a mais festiva, a mais percussiva, a mais eletrizante, e o dendê vêm recheado de delícias musicais, principalmente com o samba-reggae. Em 2007 foi uma grande festa no registro do 1° DVD / CD no Music Hall em BH. Foram releituras dos sucessos antigos do Terra, músicas inéditas e regravações de outros interpretes, como “Piririm Pom Pom”, “Risca Faca”, “Se Quiser”, “Saideira”, “Meu Erro”, “Não Há Lugar Melhor que BH”, “Solteiro em Salvador” e outras. E os convidados fizeram um show à parte ! Carla Visi, uma das maiores intérpretes da música baiana deu um show de interpretação na musica “Calafrio”, a participação do jovem revelação Leví Lima da banda Via Circular, não ficou atráz, carismático e com uma performance impecável, fez o público delirar na música “Solteiro em Salvador”. Durante essa longa estrada, o Terra também extrapolou fronteiras, com turnês Internacionais, participando de grandes shows e festivais e lançando o Cd “Dendê”, pela gravadora Concertone de Roma na Itália. A Nova Cara do Terra vem com proposta de renovação não apenas da linha de frente, mas também no conceito musical, e no novo comando do grupo a experiência de um grande cantor: Mano Moreno, artista com passagem pelo “Bragaboys” e que teve seu auge nacional com o sucesso de uma versão, a musica “Bomba”. Por outro lado, mais um jovem cantor vem se revelando no cenário baiano: Márcio Bahia, tem como característica ótima presença de palco, voz marcante e um suingue nato, tudo isso leva a apostar nessa dupla de cantores, que consegue unir a experiência à jovem promessa, dando uma nova cara ao Terra. A nova proposta já é realidade, a estrada tem sido o termômetro dessa nova etapa. Por onde tem se apresentado, a novidade dos dois cantores tem mostrado uma outra dinâmica. O show tornou-se mais eclético e o repertório mais atual, com apresentações mais vibrantes nas vozes de Mano Moreno e Márcio Bahia. Com características distintas, os cantores possibilitam inclusões musicais de diversos segmentos no repertório e vem fazendo grande diferença nas apresentações atuais do grupo. [Fonte: internet]

It all started in Politeama neighborhood in Salvador, Bahia, for over 15 years. In 1998 came the big explosion, with more than 3 million albums sold of "Live and Colour", recorded in Belo Horizonte. The percussionists and musical researchers Mario Ornellas and Edson Souza were part of Gerasamba that for many years was the most popular samba group in the bars and clubs of Salvador. In 1991, they decided to pursue a career and formed the Terrasamba, a name that has always existed simultaneously to Gerasamba. The first album recorded in 1989 was already called "Terrasamba". It was a long-playing with various traditional sambas of Bahia, especially "potpourri" with samba de roda Reconcavo. Its trajectory popularization began with the hit "Go To Home Horn" (Riachão-Ninha) and second Mario Ornellas, presentations Sea Lagoon (bar the edge of Salvador) were decisive for the dissemination of grupo.Em 1994, with the output of Diumbanda singer, came Reynaldo Birth. This was very important because he had a great popular sympathy and extensive professional experience. Had sung in several groups in the Old Mill in Sodre (Sodresamba), had a drum band called Odoiá, passed the Ile Aiye, integrated percussion Ara Ketu, sang in the Levada Pelô and Roots of Pelô. The support of radio Josenel Barreto to record a promotional CD, the first time being recorded a song in the voice of Reynaldo, "Down To Me" (Mancinha-Tatau-Reynaldo), was instrumental in designing the group throughout the summer 94 / 95. From there, the success story of Terrasamba was consolidated with the entry of Jarbas Veiga producer and recording the first CD: "Terrasamba It Well". Seeking to combine the roots of samba to new trends, the group stands out as versatile and unique style, winning public and the recognition of their work. The final trajectory of Earth Samba started with the CD 1 in 95 was released the "Terra Samba It Well," then "God is Brazilian" 96 and "General Release" the following year. The rush came with "Terra Samba and Live Colour". "General Release" and "Wheelbarrow" had solid execution on the radio and conquered the Brazilian public - the disc was among the top-selling for months. Terra Samba became a national craze. In addition to sold-out performances, the group received the confidence of the critics and was named as the "Best New Group" of 1998. They received the award "Best Show of 98" at Multishow / Globosat channel. At that time the group started to intensify his international career. The year 1999 opened with the release of "Aue of the Earth," and the new millennium waved "Green Light" and the "Live 2 - In Butter" came in 2001, devoted to the music in "In Butter" "Terra Samba XI" CD released in 2002 by Abril Music, was pure adrenaline, with the hits "Reboleio" and "Mad Snowman". In 2003 the album "Terra Samba Show" launched by Som Livre, showed a repertoire not only the group but also great successes of other established artists, like: Malandragem, Prediction and Sonífera Island. In 2004 came the CD "Just Joy", he came full of expectations, with new songs and an infectious repertoire. In 2005 the CD "Earth Mix", was the 11th cd with the face and the courage of Brazil, with its mix, the miscegenation. In 2006 it launched the new CD Palm, and the 12th of his career, he has all the ingredients that make the Bahian music, more festive, more percussive, the most electrifying, and palm oil are full of musical delights, especially with the samba-reggae. In 2007 he was a big party in the registry of the 1st DVD / CD at the Music Hall in BH. Were reinterpretations of old hits the Earth, new songs and re-recordings of other interpreters, as "Piririm Pom Pom", "Risca Knife," "If You Want", "Saideira", "My Error", "No Place Better than BH" "Single in Salvador" and others. And the guests did put on a show! Carla Visi, one of the greatest interpreters of Bahian music gave an interpretation show the song "Shiver", the participation of young revelation Levi Lima Band Ring Road, was not Ago, charismatic and with a flawless performance, made the audience rave music "Single in Salvador." During this long road, the earth also went beyond borders, with international tours, participating in major shows and festivals and releasing the CD "Palm" by Concertone label of Rome in Italy. The Newfoundland Face comes with proposal to renew not only the front line, but also in the musical concept, and the new command group to experience a great singer: Mano Moreno, artist passing by "Bragaboys" and had his national peak with a successful version, the song "Pump". On the other hand, another young singer has been revealing in Bahia scenario: Marcio Bahia, is great stage presence feature, distinctive voice and a natural swing, all this leads to bet this pair of singers who can unite the experience to the younger promise, giving a new face to the earth. The new proposal is already a reality, the road has been the thermometer this new stage. Where has performed, the novelty of the two singers have shown another dynamic. The show has become more eclectic and the most current repertoire, with more vibrant presentations in the voices of Mano Moreno and Márcio Bahia. With different characteristics, the singers musical enable inclusions of various segments in the repertoire and has been doing great difference in the current group presentations. [Source: internet]

Total Time: 70 min

Um comentário: