10 de julho de 2020

MAGLORE - Cores do Vento [EP]


Indie Rock
2009
Bitrate: 256 kbps
[cd quality]+

Advindo de Salvador-BA, o grupo formado por Teago Oliveira (voz e guitarras), Rodrigo Damati (voz e baixo) e Felipe Dieder (bateria), tendo em sua constituição original Teago Oliveira (voz e guitarras), Léo Brandão (teclado e guitarras) Nery Leal (baixo) e Felipe Dieder (bateria). Conceitualmente, fazem um rock “tropical”, sem, contudo, desacreditar do pop, levantando a bandeira de que pode – e deve! – haver qualidade no mercado popular. Com participação assídua em festivais de todos os portes como o FUN Music, de São Paulo (3º lugar, em 2009), Coca-Cola Zero – Desafio das Bandas (1º lugar, em 2009), Big Bands (2010), Feira Noise (2010), Festival de Verão Salvador (2010) e Rock de Cordel, em Fortaleza (2011), a Maglore veio, desde o seu início, ganhando o respeito e atenção do público e crítica. Além dos festivais, o grupo tem público cativo nos shows em Salvador e outras cidades da Bahia, se consagrando como destaque na cena independente baiana. Em âmbito nacional, o grupo tem viajado bastante e está acostumado a circular pelas casas de shows de vários Estados, principalmente no sudeste e nordeste. O contingente de pessoas que, a cada dia, descobre o Maglore e suas músicas, está crescendo. Em que pese independente, a banda sabe aproveitar as ferramentas que lhe estão à disposição para divulgar seu trabalho. Utilizando-se das mais diversas redes sociais, o grupo vem formando seu público, abrangendo fãs de todo o país. Com a virada do ano de 2011 a banda lança seu primeiro álbum, intitulado “Veroz”, feito de forma integralmente independente. A obra, musicalmente bastante heterogênea, é uma compilação de várias fases do grupo, misturando-se as canções do EP (2009) com novas composições e vertentes estéticas variadas do quarteto, de modo que as 13 músicas sintetizam toda a variação musical que a banda propõe. O disco, cuja produção é assinada novamente pelo renomado Jorge Solovera, chileno radicado em Salvador-BA, tem um conceito bem construído, que se reflete tanto nas músicas quanto na arte visual. Inspirado na obra do argentino Diego Gravinese (www.diegogravinese.com), o designer Igor Alessandro Andrade usou sua autenticidade para compor uma capa intrigante, conectada a um encarte extremamente autêntico, que conta a cada página a história das pessoas por trás da Maglore. O acabamento estético de “Veroz” é um reflexo do diversificado conteúdo musical da banda. Fugindo de conceitos, trata-se de um disco de música essencialmente popular. Feito para se cantarolar no chuveiro, nas ruas – e nos shows! – é um conjunto de músicas diferentes entre si, que, contudo, remetem a uma identidade musical própria, seja pelas letras, pelos timbres de guitarra ou pela estrutura das próprias canções. É um disco para se ouvir sem preconceitos, sem rótulos e de peito aberto, sobretudo porque foi feito com sinceridade. [Fonte: maglore]

Arising in Salvador, Bahia, the group formed by Teago Oliveira (voice and guitar), Rodrigo Damati (vocals and bass) and Felipe Dieder (drums), in its original constitution Teago Oliveira (voice and guitars), Léo Brandão (keyboard and guitars) Nery Leal (bass) and Felipe Dieder (drums). Conceptually, they make a "tropical" rock, without, however, pop discredit, raising the flag that can - and should! - Be quality in the popular market. With regular participation in festivals of all sizes as FUN Music of São Paulo (3rd in 2009), Coke Zero - Challenge of the Bands (1st place in 2009), Big Bands (2010), Fair Noise ( 2010), Summer Festival Salvador (2010) and Rock Cordel, in Fortaleza (2011), the Maglore came, since its inception, earning the respect and attention of the public and critics. In addition to the festivals, the group has captive audience at concerts in Salvador da Bahia and other cities, devoting as featured in Bahia independent scene. Nationally, the group has traveled extensively and is used to cycle through the venues of various states, mainly in the southeast and northeast. The number of people who, every day, discovers Maglore and their music is growing. Despite independent, the band know how to enjoy the tools that you are on hand to publicize their work. Using the most diverse social networks, the group has been building its audience, including fans from around the country. With the turn of the year 2011 the band released their first album, entitled "Veroz" made of fully independently. The work musically very heterogeneous, is a compilation of various stages of the group, mixing the songs EP (2009) with new compositions and different aesthetic aspects quartet, so that all the 13 music synthesize musical change the band It proposes. The album, whose production is signed again by renowned Solovera Jorge, a Chilean living in Salvador, Bahia, has a well-constructed concept, which is reflected both in music and in visual art. Inspired by the work of Argentine Diego Gravinese (www.diegogravinese.com), the designer Igor Alessandro Andrade used his authenticity to compose an intriguing cover, connected to an extremely authentic booklet, which account every page the story of the people behind the Maglore. The aesthetic finishing "Veroz" is a reflection of the diverse musical content of the band. Fleeing concepts, it is an essentially popular music disc. Made to sing in the shower, on the streets - and shows! - Is a collection of different songs to each other, which, however, refer to their own musical identity, either by letter, by guitar tones or the structure of own songs. It is an album to listen without prejudice, without labels and chest open, especially because it was made sincerely. [Source: maglore]

Total Time: 19 min

Um comentário: