31 de agosto de 2021

JUNIOR REID - One Blood


REGGAE
1990
Bitrate: 256 kbps
[cd quality]+

Reid nasceu perto de Tower Hill em Kingston, e teve uma infância difícil, no distrito da cidade, Waterhouse, famoso por ser um dos lugares mais perigosos da Jamaica. Foi ali, nas politicamente turbulentos dos anos 70 gravou seu primeiro single "Fale a verdade", aos 13 anos. Em seguida, ele passou a formar a sua própria banda, a Voz do Progresso, e depois de ter conseguido colocar localmente" Mini-Bus Driver ", o grupo teve um hit local, com um álbum com o mesmo nome. No início dos anos 80, encomendado pelo grande Sugar Minott ele gravou uma série de canções para o rótulo de Promoção da Juventude de Minott, desfrutando de grande popularidade com músicas como "Human Nature", "Amante A1" e "Mente Estrangeira". Junior Reid levou seus talentos para o estudo do Rei Jammy em St. Lucia, onde seu rápido sucesso alcançado um outro nível. "Boom shacka Lacka" foi seu primeiro sucesso no Reino Unido e levou para outro álbum excepcional. Depois de uma série de singles, a sua oportunidade de uma audiência internacional mais ampla veio com a oferta de substituição por Michael Rose in Black Uhuru. Ele sempre foi um forte apoiador do Black Uhuru, e com um estilo vocal semelhante, Rose Reid teve lugar. Colaboração em seu primeiro álbum com o Black Uhuru, nomeado "Brutal" Grammy em 1986, foi bem recebido por todos. Dois anos e dois álbuns depois, o interesse de Júnior para produzir material para si e para o desejo de recuperar sua popularidade doméstica levou-o de volta a carreira solo e novamente para o estudo do Rei Jammy e criar sua própria gravadora JR Productions. Reid teve um hit número 21 no Reino Unido, em 1988, em colaboração com Coldcut, "Stop This Thing Crazy". Ele teve um sucesso ainda maior em 1990, com "Eu sou livre", gravado com The Soup Dragons alcançando o número 5. Enquanto isso, "One Blood" 1989 viu o restaurado para o primeiro plano da cena do reggae. [Fonte: wikipedia]

Reid was born near Tower Hill in Kingston, and had a difficult childhood, in the district of the city, Waterhouse, famous for being one of the most dangerous places in Jamaica. It was there, in the politically turbulent '70s he recorded his first single "Speak the Truth" at age 13. He then went on to form his own band, the Voice of Progress, and after successfully put locally "Mini-Bus Driver", the group had a local hit with an album of the same name. In the early 80s, commissioned by the great Sugar Minott he recorded a number of songs for the Youth Promotion label Minott, enjoying great popularity with songs like "Human Nature", "Lover A1" and "Foreign Mind." Junior Reid took his talents to the study of King Jammy in St. Lucia, where his rapid success achieved another level. "Boom shacka Lacka" was his first success in the UK and led to another exceptional album. After a series of singles, your opportunity to a wider international audience came with the offer of replacement by Michael Rose in Black Uhuru. He has always been a strong supporter of Black Uhuru, and a similar vocal style, Rose Reid took place. Collaboration on their first album with Black Uhuru, named "Brutal" Grammy in 1986, was well received by all. Two years and two albums later, the interest of junior to produce material for you and desire to regain his domestic popularity led him back to his solo career and again to the study of King Jammy and create his own label JR Productions. Reid had a hit number 21 in the UK in 1988, in collaboration with Coldcut, "Stop This Thing Crazy". He had even greater success in 1990 with "I am free", recorded with The Soup Dragons reaching number 5. Meanwhile, "One Blood" 1989 saw the restored to the forefront of the reggae scene. [Source: wikipedia]

Total Time: 41 min

Um comentário: