3 de abril de 2020

50 CENT - Hate Me Now


Rap
2012
Bitrate: 256  kbps
[cd quality]+

Curtis James Jackson III cresceu no bairro conhecido como South Jamaica, localizado no Queens, Nova York, Estados Unidos. Ele começou a escrever suas letras de rap bem cedo, mas só levou o trabalho a sério após o nascimento do seu filho. Assinando contrato com a Jam Master Jay e aprendendo a contar barras e estruturas das músicas, a música mais popular no mundo foi “In Da Club”. Jam Master Jay do Run-DMC encontrou um potencial no rapper e o contratou em sua gravadora, por um curto período. Sua primeira participação oficial foi na música do grupo Onyx, “React” em 1998. Jam Master Jay começou a ensinar 50cent como fazer uma gravação. Depois de deixar Jam Master Jay, a dupla de produtores Trackmasters ficou sabendo de 50 Cent e o assinou na Columbia Records em 1999. Eles levaram 50 cent para Upstate NY onde eles trancaram-no no estúdio por 2 semanas e meia. Ele retornou com 36 músicas nesse curto período, o que resultou no “Power Of The Dollar”, um não lançado oficialmente mixtape. Sua carreira decolou após o lançamento do bem-sucedido, porém polêmico single “How To Rob” em que ensina como roubar rappers famosos. 50 conseguiu a atenção de Eminem com tais mixtapes, que mostrou interesse em trabalhar com o rapper. Quando Eminem levou isso para a atenção de Dr. Dre, contribuiu com 50 Cent a assinar um contrato com a Interscope Records. 50 Cent também foi o primeiro a assinar em uma união de esforços entre Shady Records do Eminem e Aftermath Entertainment do Dr. Dre. Sobre a Interscope, 50 Cent ganhou grande fama. O rapper aparece na trilha sonora de 8 Mile, com o single “Wanksta”, que foi pedida em várias estações de rádio pelo EUA. Também, após assinar com a Shady/Aftermath, seu grupo, a G-Unit, prosperou. Mesmo vivendo em meio à tantos rappers reais e consagrados, 50 Cent escreve músicas com uma letra vazia, considerado assim por muitos críticos do ramo, pois fala sobre assuntos que na visão de muitos rappers brasileiros não deveriam ser abordados no RAP da forma que ele aborda, como por exemplo, sobre prostitutas, dinheiro, carro e drogas. Ele fala sobre esses assuntos como se fossem primordiais na vida de um rapper, quando na verdade, o principal na vida de um rapper é mostrar a realidade sem censura e fazer uma revolução pacífica por meio da música, sem fazer apologia a esses assuntos muitas vezes abordados em suas músicas. 50 Cent tem fãns por todo o mundo , mas também há quem critique o gangster pelo seu passado. [Fonte:lastfm]

Curtis James Jackson III grew up in the neighborhood known as South Jamaica, located in Queens, New York, United States. He began writing his rap lyrics early, but only took the job seriously after the birth of her child. Signing contract with Jam Master Jay and learning to count bars and structure songs, the most popular song in the world was "In Da Club". Jam Master Jay of Run-DMC rapper found a potential in and hired him on his label, for a short period. His first official participation in music was the group Onyx, "React" Jam Master Jay in 1998 began teaching 50cent how to make a recording. After leaving Jam Master Jay, the duo of producers Trackmasters heard of 50 Cent and signed to Columbia Records in 1999 they took 50 cent to Upstate NY where they locked themselves in the studio for 2 and a half weeks. He returned with 36 songs in this short period, which resulted in "Power Of The Dollar", one not officially released mixtape. His career took off after the release of the successful but controversial single "How To Rob" that teaches how to steal famous rappers. 50 caught the attention of Eminem with these mixtapes that showed interest in working with the rapper. When Eminem took it to the attention of Dr. Dre, contributed 50 Cent to sign a contract with Interscope Records. 50 Cent was also the first to sign on a joint effort between Shady Records and Aftermath Entertainment Eminem Dr. Dre. About Interscope, 50 Cent won great fame. The rapper appears on the soundtrack of 8 Mile, with the single "Wanksta", which was requested on several radio stations by USA. Also, after signing with Shady / Aftermath, his group, G-Unit, prospered. Even living in the midst of so many real and consecrated rappers, 50 Cent writes songs with an empty letter, thus considered by many critics in the industry, it speaks about subjects that in the view of many Brazilian rappers should not be addressed in the RAP so that it addresses , for example about prostitutes, money, car and drugs. He talks about these issues as if they were paramount in the life of a rapper, when in fact, the principal in the life of a rapper's reality show uncensored and make a peaceful revolution through music, without apology to these matters often addressed in his songs. 50 Cent has fans all over the world, but there are those who criticize the gangster by his past. [Source: lastfm]

Total Time: 47 min


Um comentário: