13 de agosto de 2021

BABY CONSUELO - Canceriana Telúrica


POP MUSIC
1981
Bitrate 256 kpbs
[cd quality]+

Bernadete Dinorah de Carvalho Cidade conhecida como Baby do Brasil e também como Baby Consuelo, é cantora e compositora brasileira. A carreira artística de Baby caracterizou-se desde sempre pela versatilidade e irregularidade, mas sua presença constante na mídia ao longo de três décadas deveu-se sobretudo ao seu visual extravagente e às suas controversas declarações acerca de discos voadores, supostos poderes mágicos e de clarividência, encontros com Jesus, conversões religiosas e mudança de nome artístico. A maior parte de seus discos solo não atingiu sucesso de vendas e a maior parte dos fãs de samba e MPB sempre foram relutantes em incluir Baby no panteão dos pesos-pesados desses estilos. De todos os modos, o perfil exótico de Baby, um caso à parte no cenário artístico brasileiro, sempre foi de difícil encaixe em qualquer estética ou corrente musical dominantes. Baby, oriunda de uma família de classe média alta e criada na cidade do Rio de Janeiro, começa a cantar e tocar violão ainda na infância, inclusive vencendo um festival de música em Niterói aos 14 anos. No aniversário de 17, foge de casa, rumando para Salvador. Morou embaixo de pontes na cidade e disse ter avistado seu primeiro disco voador nessa época. Em um curto espaço de tempo, participa de um filme do cineasta italiano Giuliano Gemma, passa um período em São Paulo, outro de volta ao Rio e adentra o grupo Novos Baianos. Em 1969, Baby conhece o guitarrista e futuro marido Pepeu Gomes, que se junta à trupe musical. No ano seguinte, é lançado o primeiro disco dos Novos Baianos, É Ferro na Boneca. Pouco tempo depois, a banda e seus agregados mudam-se para um sítio/comunidade hippie no interior do Rio de Janeiro e, em 1972, é lançado o disco de maior sucesso da banda, Acabou Chorare. Baby e Pepeu permanecem no grupo até seu primeiro hiato, em 1978, iniciando suas respectivas carreiras solo (interdependentes) no mesmo ano. Seu primeiro grande sucesso solo, a canção “Menino do Rio”, aparece no seu segundo disco solo, Pra Enlouquecer, em que Baby aparece posando ao lado de quatro filhos na época: Riroca (que viria a trocar seu nome para Sarah Sheeva), Zabelê, Nana Shara e Pedro Baby. Os quatro tornaram-se músicos, e as três garotas formaram a girl-band SNZ, que apenas conheceu um esporádico sucesso moderado. Baby ainda daria à luz a outros dois meninos: Krishna Baby (que aparece na contracapa do disco que leva o nome da criança, de 1984) e Kriptus-Rá (presente na capa do álbum Sem Pecado e Sem Juízo, do ano seguinte). Baby sempre foi muito ligada a correntes místicas e esotéricas, e chegou a integrar a trupe do guru mineiro Thomas Green Morton, que divulgava o poder mágico da palavra Rá e demonstrava entortar talheres e fazer luzes surgirem. No fim da década de 1990, converte-se ao protestantismo e, atualmente, é pastora da igreja “Ministério do Espírito Santo de Deus em Nome de Jesus”. [Fonte: wikipedia]

Bernadette Dinorah de Carvalho City known as the Baby Brazil and also as Baby Consuelo, is Brazilian singer and songwriter. Baby's artistic career has always been characterized by versatility and irregularities, but his constant presence in the media over three decades was mainly due to its visual extravagente and their controversial statements about flying saucers and alleged magical powers of clairvoyance , encounters with Jesus, religious conversions and change of stage name. Most of his solo albums did not achieve sales success and most fans of samba and MPB were always reluctant to include Baby in the pantheon of heavyweights these styles. Anyway, the exotic profile Baby, a special case in the Brazilian art scene, has always been difficult to fit in any aesthetic or dominant musical trend. Baby, coming from a family of upper middle class and raised in the city of Rio de Janeiro, started singing and playing guitar in childhood, including winning a music festival in Niteroi to 14 years. On the anniversary of 17, runs away from home, heading for Salvador. Lived under bridges in the city and said he had seen his first flying saucer that time. In a short time, part of a film from Italian filmmaker Giuliano Gemma, passes a period in Sao Paulo, another back to the river and enters the New Baianos group. In 1969, Baby knows guitarist and future husband Pepeu Gomes, who joins the musical troupe. The following year, it launched the first disc of the Bahian News, is the Iron Doll. Shortly after, the band and their households move to a site / hippie community inside the Rio de Janeiro and in 1972 released their most successful album of the band's over Chorare. Baby and Pepeu remain in the group until their first hiatus in 1978, starting their respective solo careers (interdependent) in the same year. His first major solo success, the song "River Boy", appears on his second solo album, To Go Crazy, Baby appears that posing with the four children at the time: Riroca (later to change its name to Sarah Sheeva) Zabelê, Nana Shara and Baby Peter. The four became musicians, and the three girls formed a girl-band SNZ, which met only sporadic moderate success. Baby still give birth to two other children: Baby Krishna (on the back cover of the disc which bears the name of the child, 1984) and Kriptus-Ra (on this album cover Without Sin and No court the following year). Baby has always been closely linked to mystical and esoteric currents, and came to join the troupe mining guru Thomas Green Morton, who divulged the magical power of the word Ra and demonstrated bend cutlery and make lights appear. At the end of the 1990s, converts to Protestantism, and currently is pastor of the church "ministry of the Holy Spirit of God in Jesus' Name." [Source: wikipedia]

Total Time: 36 min

Um comentário: