31 de dezembro de 2019

DEVOTOS - Hora da Batalha


Punk Rock
2004
Bitrate: 256 kbps
[cd quality]+

A banda Devotos foi formada em 1988 por Cannibal (baixo e voz), o Neilton (guitarra) e o Celo Brown (batereia) sob o nome “Devotos do Ódio” que foi tirado do título de um livro de José Louzeiro (1987). O grupo teve e ainda tem sua base no bairro de baixa renda que também tem abundantes problemas sociais e onde muitas pessoas trabalham para melhorar suas condições de vida encontrada nos morros de Recife, chamado Alto José do Pinho. No ano 2000 o grupo mudou seu nome para “Devotos”. Quando a MTV começou a se captada no Recife, o sinal podia ser recebido claramente no Alto José de Pinho, os futuros membros dos Devotos já escutavam punk rock e bandas como The Smiths e The Cure junto com o punk rock de São Paulo. Conheciam os gêneros tradicionais que bandas como Chico Science e Nação Zumbi logo incorporariam aos seus sons, mas estavam interessados em tocar um estilo hardcore, rock. Os membros de Devotos abraçaram a ética do “faça você mesmo” do punk rock. O guitarrista Neilton explicou-me em 2001 como fabricou ele mesmo seu primeiro amplificador e guitarra o que incluiu o braço e do corpo da guitarra, e como tocou por um longo tempo sem que ninguém percebesse que não tinha sido comprada numa loja de música. Entre os obstáculos que a banda enfrentou nos seus primeiros anos se encontravam a polícia, a repressão e a não aprovação dos moradores do seu bairro pela eleição do seu estilo musical. O bairro Alto José do Pinho era o lar de “caboclinhos” e “grupos de maracatu” que eram importantes no carnaval. A imagem mediática das bandas de rock remetia à juventude de classe media. Para voltar ao tema da identidade nacional brasileira que se encontra em canções como “Aquarela do Brasil” de Ari Barroso, há que escutar “Meu País” de Devotos como um exemplo do seu trabalho como banda. É muito menos intensa que muitas outras canções da banda nas quais usam um estilo de alta intensidade hardcore ainda que continuem sendo muito melódicas, a música “Alien” é um bom exemplo disso. Fonte: devotos.com

Devotees The band was formed in 1988 by Cannibal (bass and vocals), the Neilton (guitar) and Celo Brown (batereia) under the name "Devotees of Hate" has been taken from the title of a book by José Louzeiro (1987). The group had and still has its base in the low-income neighborhood that has also abundant social problems and where many people work to improve their living conditions found in the hills of Recife, called Alto José do Pinho. In 2000 the group changed its name to "devotees". When MTV began captured in Recife, the signal could be clearly received in the Alto José de Pinho, the future members of Devotees have listened to punk rock and bands like The Smiths and The Cure along with the punk rock of. Known traditional genres that bands like Chico Science and Zombie Nation logo would incorporate its sounds, but were interested in playing a hardcore style rock. Devotees members embraced the ethic of "do it yourself" punk rock. The Neilton guitarist explained to me in 2001 as manufactured himself his first guitar amplifier and which included the arm and the guitar body, and how touched for a long time without anyone noticing it had not been purchased at a music store. Among the obstacles the band faced in its early years were the police, the prosecution and the rejection of the residents of his neighborhood the election of his musical style. The Alto José do Pinho neighborhood was home to "caboclinhos" and "maracatu groups" that were important in the carnival. The media image of rock bands remitted to the middle-class youth. To return to the theme of Brazilian national identity that is in songs like "Aquarela do Brazil" Ari Barroso, we must listen to "My Country" by devotees as an example of his work as a band. It is much less intense than many other songs from the band in which use a high intensity hardcore style still continuing and very melodic, the song "Alien" is a good example. [Source: devotos.com]

Total Time: 28 min

Baixar / Download

Nenhum comentário:

Postar um comentário